siga-nos

Ortopedia

A ortopedia trata de todas as alterações ocasionadas em ossos e tecidos moles adjacentes, tanto por trauma como por degeneração causada pelo tempo e predisposição racial.

O diagnóstico e analgesia rápida e adequada das injúrias causadas por danos em ossos e tecidos adjacentes são essenciais nas primeiras horas do trauma. A dor libera no organismo certas substâncias que podem ser nocivas à boa recuperação do paciente, por isso nós da Pronto Dog temos a preocupação com o tratamento da dor e o conforto ao paciente, tornando  sua recuperação mais rápida.

Cada lesão (fraturas, torções, luxações, artroses, artrites etc.) tem um tratamento próprio e adequado, havendo, em alguns casos, a necessidade de cirurgia ortopédica reparadora para implantes de placas ou pinos.

A clínica possui os equipamentos necessários para diagnósticos, que são o raio-x, ultrassom e laboratório próprio com profissionais especializados para sua operação e elaboração de laudos. Desta forma podemos obter tanto o diagnóstico como tratamento o mais rápido possível. Em caso de cirurgia ortopédica com implante, ainda contamos com raio-x pós cirúrgico para melhor acompanhamento do procedimento realizado.

Em uma situação de emergência traumática é imperativo que a avaliação seja completa, pois em geral outras ocorrências podem estar envolvidas tornando-se uma emergência cirúrgica, como por exemplo, hemorragia interna devido a lacerações em baço, fígado ou ruptura de vesícula urinária.

Em uma fratura, a cirurgia corretiva não é considerada de urgência, mas sua estabilização sim.

O que deve ser informado ao veterinário em uma avaliação ortopédica:
- Paralisia ou paresia (diminuição dos movimentos);
- Fraqueza ou depressão;
- Dificuldade no respirar, ou respiração abdominal;
- Desconforto ou aumento abdominal;
- Mudança do “status mental”, ou alteração comportamental;
- Palidez;
- Observar se após o trauma este animal urinou ou não.

Para um diagnóstico é necessário exame clínico criterioso, histórico médico, radiografias da região afetada e ultrassom. Exames laboratoriais podem ser requeridos.

O tratamento dependerá muito da situação clínica do cão ou gato. Normalmente, a estabilização temporária, quando possível, deverá ser feita. Após a estabilização do paciente, o tratamento definitivo poderá ser executado e dependerá de alguns fatores:

- Tipo de fratura e duração (tempo decorrido do trauma);
- Localização da fratura;
- Presença de múltiplas fraturas em ossos diferentes;
- Idade do paciente;
- Condição clínica.

A cirurgia é o método mais comum e eficiente para a maioria das fraturas em cães e gatos, promovendo um retorno às funções num período mais breve.

Cuidados Pós-operatórios
Em um pós-cirúrgico estes pacientes (cães e gatos), não entendem a gravidade de sua situação e tornam-se pouco colaborativos, ou seja, não poupam a área afetada, não fazem repouso e acabam por vezes complicando a sua situação a ponto de haver necessidade de refazer a cirurgia ou até mesmo a amputação do membro afetado. Por isso o confinamento se torna de extrema importância na sua recuperação. Indicamos também a fisioterapia no pós-cirúrgico para ajudar no sucesso e no retorno funcional do membro atingido.

São várias as alterações ortopédicas e nem todas tem tratamento cirúrgico. Algumas, como a displasia Coxofemoral e artroses, têm seu diagnóstico pelo raio-x e o tratamento é medicamentoso, com a indicação de acupuntura e fisioterapia, pois nestes casos a intenção é a qualidade de vida do animal e ao mesmo tempo retardar a progressão da doença.

Seta-Converted2
voltar
LogoWhts CloseWhts WhatsApp
whatsapp icon

Banho e Tosa

Tem dúvidas? Me chama!

whatsapp icon

Atendimento Clínico

Tem dúvidas? Me chama!

whatsapp icon

Vacina

Tem dúvidas? Me chama!

whatsapp icon

Laboratório

Tem dúvidas? Me chama!

whatsapp icon

Compras e Mkt

Tem dúvidas? Me chama!