Dicas e Artigos

Alerta: Saiba tudo sobre a adenovirose


A adenovirose pode ser fatal para o cão, porque pode provocar Hepatite, Tosse do Canis, entre outros tipos de doenças. Saiba como prevenir seu animalzinho.

A adenovirose é uma das principais causas de problemas respiratório nos cães. Ela é provocada pelo vírus denominado adenovírus e pode desencadear doenças sérias como, por exemplo, a Hepatite Infecciosa Canina e a Tosse dos Canis, esta também conhecida como gripe dos cães.

Vários fatores são responsáveis pelo surgimento da Adenovirose Canina como a convivência outros animais, a falta de higiene no ambiente e a baixa imunidade canina. Além disso, o vírus é facilmente transmitido por meio de contatos com outros animais contaminados ou por uso de brinquedos e objetos.

Entre alguns lugares de risco, destacam-se parques, hotéis, Pet Shop, entre outros. Por isso, é importante que o dono tenha atenção no ambiente, porque o vírus é facilmente transmitido. A adenovirose é dividida em 2 tipos de vírus distintos, que são eles:

Adenovírus Tipo I: pode ser considerado o principal causador da Hepatite Canina e tem como alvo principal os cães que são mais novos e não vacinados. Os principais sintomas são as diarreias, vômitos, falta de apetite, cansaço, dores na região abdominal, presença de sangue nas fezes, febre, entre outros. A doença em casos mais graves pode afetar o sistema neurológico e devido a isso provocar sintomas como depressão, convulsão e coma, e muitas vezes ela é fatal. Além disso, essa doença é transmitida facilmente.

Adenovírus Tipo II: Este subtipo de vírus é um dos causadores da Tosse dos Canis e também é conhecida popularmente como Gripe Canina. A doença causa problemas respiratórios graves além de crises de tosse que são secas e frequentes, espirros, febre, anorexia, secreções nasais e empatia. Caso a doença não for tratada a tempo, pode resultar em pneumonia, que pode provocar a morte do animal.

A Adenovirose pode ser prevenida por meio da vacina polivalente, que também protege o cão de outras doenças como a parvovirose, coronavirose, leptospirose, entre outras. A vacina deve ser administrada nos cães que tenham mais de 60 dias. Por isso, é fundamental que o dono mantenha atualizado o cartão de vacinação dos Pets, porque é a forma mais segura de garantir a proteção contra vários tipos de doenças. Além disso, é fundamental que o cão tenha um veterinário de confiança, para que o profissional possa avaliar e cuidar de todo o desenvolvimento do animal.
VoltarVoltar para a listagem de dicas e artigos

Veja também

Procure aqui uma namorada(o) para seu animal de estimação!

Quer compar ou anunciar filhotes? Entre em contato e saiba como!

Tem alguem que precisa de seu carinho, adote um amigo!

Prontodog

(67) 3306-7611 | 3206-7612 | 99202 - 4640 comercial@clinicaprontodog.com.br
Av. Raul Pires Barbosa, 654 - Chacara Cachoeira II - Campo Grande / MS

Desenvolvido por: Youzoom